Skip links

PENEIRA ROTATIVA DE FLUXO INTERNO

O PROCESSO DE FLOTAÇÃO EVOLUÍDO PARA UM NOVO CONCEITO!

Peneira rotativa de fluxo interno Werjen

A peneira rotativa de fluxo interno é geralmente utilizada em aplicações que possuem um elevado volume de efluente com alta concentração de sólidos de forma rápida e contínua para não obstruir o elemento filtrante.

Neste tipo de peneira, ao entrar no equipamento, o efluente alimenta uma caixa de transbordo onde sua velocidade é reduzida, assim o efluente é reduzido uniformemente.

Após verter da caixa de transbordo o efluente cai sobre um cesto rotativo, este cesto tem seu corpo inteiro fabricado de tela filtrante e fica rotacionado. O giro constante do cesto aumenta a área de filtração, permitindo a passagem de vazões maiores. A água filtrada transpassa a tela do cesto sendo escoada para uma bacia de recolhimento que compõe toda a parte inferior do equipamento.

Como funciona

Após verter da caixa de transbordo o efluente cai sobre um cesto rotativo, este cesto tem seu corpo inteiro fabricado de tela filtrante e fica rotacionado. O giro constante do cesto aumenta a área de filtração, permitindo a passagem de vazões maiores. A água filtrada transpassa a tela do cesto sendo escoada para uma bacia de recolhimento que compõe toda a parte inferior do equipamento.

No interior do cesto existe uma espécie de helicoide, cuja finalidade é empurrar os sólidos para fora do tambor rotativo, para extremidade oposta da alimentação, sendo eliminado por um funil coletor. Já na parte interna do tambor é instalado o sistema de higienização, composto por um tubo que percorre toda a extensão do elemento filtrante e diversos bicos aspersores de água que trabalham pressurizados. A função deles é deles é desobstruir através de um jato de água em forma de leque, todos os orifícios do elemento filtrante.

As peneiras rotativas de fluxo interno produzidas pela Werjen sobre todo o conjunto de seu corpo. Dotadas de visor para inspeção, atendem as normas de segurança.

É possível automatizar a peneira com uso de temporizador que efetuará o acionamento do sistema de higienização somente em períodos de tempo pré determinados pelo operador.

Modelos de peneira rotativas de fluxo interno Werjen

Todas as peneiras rotativas de fluxo interno fabricadas pela Werjen são 100%  produzidas em aço inox 304. Como opcional é possível instalar os seguintes itens: Bocais de Alimentação BSP ou Flange, Laterais ou Posteriores, Funil de Sólidos, Tampa de Segurança, Visor de Inspeção e Temporizador.

Saiba mais sobre peneiras:

O que faz uma peneira?

Atualmente é indispensável que toda Estação de Tratamento possua um dispositivo que evite o entupimento das tubulações e bombas, permitindo uma operação automática e contínua, que atenda as normativas de segurança e que não seja necessária operação manual para limpeza.

Onde utilizar uma peneira na estação de tratamento?

As peneiras são utilizadas no pré-tratamento de efluentes ou na captação de estações de tratamento de água. A finalidade das peneiras é a retenção de sólidos finos ou grosseiros, separando-os do meio líquido. Fundamental para garantir o bom funcionamento de todos os equipamentos da Estação, muitos não dão a devida importância para este produto, porém ele tem funcionamento extremamente simples e pode evitar manutenções desnecessárias.

As peneiras devem desempenhar seu papel principal de forma contínua e estável, por isso precisam ser projetadas para a característica específica do efluente ou captação de água em que operarem. Por normativas, devem ser estáveis e seguras, e suas falhas podem parar todo o processo de tratamento.

Elas evitam principalmente o entupimento e obstruções das bombas e tubulações de um sistema, além de reduzirem a manutenção dos periféricos posteriores.

Como é o funcionamento de uma peneira?

Independentemente do tipo de peneira, a função básica é a remoção de partículas sólidas do meio líquido. Para isso é utilizado o que chamamos de elemento filtrante. Trata-se de uma espécie de tela com ranhuras ou aberturas que permitem a passagem da água e retenção da partícula sólida. Nas peneiras, o efluente bruto é despejado sobre a tela. O tipo de tela, bem como a maneira como ocorre o despejo varia conforme a necessidade, e naturalmente, o líquido passa pelos orifícios da tela, que retém as partículas sólidas.

As peneiras são projetadas para as características específicas do material a ser filtrado, são estáveis e seguras. A tela da peneira ou elemento filtrante possui diversas opções de abertura de malha para as mais diversas aplicações e vazões de cada processo.

Para um resultado positivo no tratamento do efluente, as etapas preliminares devem ser satisfatórias. O gradeamento é um processo indispensável em qualquer estação, mas essa não é a realidade na maioria dos casos.
Saiba Mais

Elemento Filtrante

O elemento filtrante requer uma atenção especial na sua construção, pois ele será definido de acordo com as características do efluente e tipo de peneira que será utilizada. Afinal é ele que será responsável por receber toda a carga do efluente e efetuar a separação.

Os elementos filtrantes são construídos em formatos cilíndricos e após planificação, recebem a curvatura conforme necessidade de aplicação. Olhando de perto é possível perceber que esses componentes são feitos com perfis trapezoidais em “V” posicionados e soldados por meio da fusão de solda de indução, milimetricamente espaçados cuja abertura define a aplicação e as dimensões das partículas retidas.

Esses componentes oferecem uma superfície plana e lisa de modo que as partículas mantenham somente dois pontos de contato e o fluxo passe facilmente através da tela, diminuindo a taxa de obstrução.

Evolução das Peneiras

Como mencionado anteriormente, as peneiras são itens considerados simples dentro do sistema de uma Estação de Tratamento, mas geralmente consomem muito tempo da operação e recursos de manutenção. Nos dias de hoje, esses problemas não deveriam mais ser uma preocupação.

As peneiras também evoluíram! Hoje em dia é possível garantir uma higienização contínua, independente do material filtrado, com o mínimo de intervenção humana. A escolha do tipo de peneira, optando pelo modelo adequado já resolve parte dos problemas, e depois, automatizando os sistemas de limpeza necessários para o processo, é garantia de um processo mais rápido e inteligente.

A evolução também se dá quando se pensa na segurança, o atendimento à todas as normas é fundamental.

Os projetos mais inteligente também levam em conta o consumo de água, além da manutenção, consumo de energia e mão de obra técnica. Tudo pensa para evitar falhas que podem parar todo o processo de tratamento e consequentemente o fluxo de produção da empresa.
Saiba Mais

Vantagens das Peneiras 4.0 Werjen

As Peneiras 4.0 da Werjen são sinônimo de evolução inteligente. Garantem higienização contínua, independente do material filtrado e com o mínimo de intervenção humana. Há vários modelos de peneiras, mas todas possuem as seguintes vantagens:

⦁ Construção em Aço inox
⦁ Tampa conforme NR12
⦁ Sensor de tampa
⦁ Temporizador para limpeza
⦁ Sistemas de higienização
⦁ Malha filtrante em Aço Inox
⦁ Automatizadas

Vantagens das peneiras rotativas de fluxo interno Werjen

  • Toda estrutura em aço Inox 304
  • Elemento filtrante em aço Inox 304
  • Demais componentes em Inox 304
  • Bomba de pressurização para higienização
  • Sistema de higienização com bicos aspersores
  • Operação automática
  • Fácil instalação

Galeria de fotos:

Conheça também nossas outras Peneiras:

Peneira Estática

Peneira Rotativa de Fluxo Interno

Peneira de Escovas

Peneira de Canal

Quer falar com um de nossos especialistas?

Vamos conversar agora.

× Whatsapp