Skip links

Estação de tratamento de efluentes ETE

O PROCESSO DE FLOTAÇÃO EVOLUÍDO PARA UM NOVO CONCEITO!

ETE Werjen 4.0

Uma estação de tratamento não é um produto ! Se fizer uma busca por este termo na internet pode até encontrar um produto pronto até mesmo com o preço o que facilitaria muito sua vida não é mesmo ? Mas isso pode ser o início de uma eterna dor de cabeça.

Já atendemos clientes do mesmo segmento que fazia exatamente o mesmo produto, da mesma forma, e possuíam até a vazão semelhante, mas seu efluente tinha características diferentes uma das outras, sendo necessário outro tipo de tratamento. Isso é devido a forma com que se manuseiam a matéria prima, os resíduos, se o processo é manual ou automatizado, que substâncias são utilizadas para limpeza e uma infinidade de outros aspectos.

Ou seja, para efluente industrial não existe solução pronta ! Diversas características do efluente, normativa de lançamento e principalmente qual a necessidade do cliente em termos operação automação, área disponível devem ser estudadas para que assim se desenvolva um conjunto de equipamentos e sistemas que podemos chamar de estação de tratamento de efluentes industriais.

Entenda como a Werjen trabalha:

SISTEMA TRATAMENTO DE EFLUENTES 4.0

ANALISAR, ORGANIZAR, PLANEJAR, EXECUTAR E ACOMPANHAR

Tratamento de efluentes com automação inteligente, sistemas autônomos e focada no cliente!

Quando falamos em necessidade do cliente, não é apenas a normativa que devemos atender, mas falamos de recurso para investimento, espaço disponível, aparência da estação, geração de ruído ou odor, manutenção e operação desta nova etapa, dentre diversos outros aspectos que devem ser analisados cuidadosamente.

Este método chamado de Analysis, consiste em etapas fundamentais para que os equipamentos e tipo de operação estejam realmente alinhados com a necessidade do cliente.

Isso é importante?

Qualquer falha na ETE pode parar a sua produção, certo? A estação 4.0 chegou para desmistificar este problema, utilizando processos de automação intertravamento, controles de níveis, parâmetros e dosagens. O seu tratamento pode sim ser preciso e seguro.

Como fazemos?

Após anos de trabalho identificamos as principais dificuldades e características exclusivas das empresas, e assim desenvolvemos um método para execução de sistemas completos para tratar os resíduos líquidos de cada cliente.

Por que 4.0?

A tendência é automatizar, criar sistemas autônomos em busca de qualidade e redução de custos.
Com ela podemos mapear processos, prever falhas, controlar dosagem, níveis operação, manutenção, minimizar os erros, gastos desnecessários e principalmente reduzir insumos.

O que sua empresa ganha?

Dinheiro. Sim, nosso método, vai te dar dinheiro a longo prazo, porque hoje, você olha o preço e faz sua escolha, sem imaginar que em poucos meses, novos gastos não previstos irão aparecer.

ETE completa, automatizada, pensada e construída do início ao fim!

Isso é para minha empresa?

Através deste processo conseguimos entender a característica do efluente e suas variações, realizar testes de tratabilidade, área disponível, indicar quais equipamentos e tecnologias são ideais, levantar dados com consumo de energia, químicos, operação e manutenção.
O material do cliente é exaustivamente estudado, e o objetivo é um só apresentar uma solução que realmente faça a diferença e esteja enquadrada nas necessidades da sua empresa.

E não é assim que se faz?

O que a gente vê hoje, são projetos direcionados para a tecnologia “x”, ou para a especialidade daquele que está projetando, e não um sistema customizado para a real necessidade do cliente.
Quem faz o projeto, muitas vezes não comercializa todos os itens e o fabricante sempre vai dizer que o seu produto é o mais indicado. O que a Werjen faz, é fornecer o produto adequado, independente de fabricarmos ou não determinados itens.

Mas qual o problema?

O Cliente recebe o projeto, e sai orçando aquela relação de itens com diversas empresas, no final existe uma salada de equipamentos que não se comunicam, um esforço enorme para fazer tudo funcionar, e ninguém fica responsável por todo o processo.
Isso acaba gerando uma falsa economia, acarretando em stress e gastos mensais contínuos que lá na fase de projeto poderiam ter sido evitados.

O segredo

Pensamos que cada cliente precisa de garantias que o equipamento foi calculado e projetado para seu processo. Uma garantia de que o projeto vai atender as exigências de lançamento, que os produtos serão duráveis, precisa possuir uma previsibilidade de margem de trabalho, custo com insumos, manutenção e todo processo envolvido.
O segredo é planejar cada detalhe, a eficiência energética, necessidade de equipamentos, manutenção, nível de automação para redução de mão de obra e principalmente gastos com insumos.

Quer falar com um de nossos especialistas?

Vamos conversar agora.

× Whatsapp