Skip links

Sistemas de equalização

O PROCESSO DE FLOTAÇÃO EVOLUÍDO PARA UM NOVO CONCEITO!

Sistemas de equalização

Em um processo de tratamento de efluentes industriais, existem diversas linhas geradoras de efluentes, cada linha possui uma carga específica pois pode estar produzindo diferentes produtos, possuem também vazões diferenciadas podendo ocorrer em diversos momentos etapas de limpeza ou outro processo que gera um pico de vazão.

Para que uma estação de tratamento consiga absorver todas estas variáveis é necessário que ela receba o efluente sempre com as mesmas características e vazão. Isso só é possível com o uso do processo de equalização.

Funcionamento

A equalização nada mais é que um tanque ou reservatório que pode ser construído em alvenaria, prfv, inox, etc. Ela é projetada para receber todas as linhas geradoras de efluente, podendo receber picos de carga e vazão, suportando por um determinado período até que a estação de tratamento possa efetuar seu processo contínuo de tratamento. No tanque de equalização ainda é necessário o uso de dispositivos para misturar ou homogeneizar todo o material ali contido, com o objetivo de evitar que a estação de tratamento receba variações expressivas de carga e contaminantes, o que mudaria toda a forma de operação e dosagem de produtos.

Sem o uso de um sistema de equalização podem ocorrer variações dos parâmetros de qualidade do efluente: pH, vazão, carga orgânica etc, Gerando choques na unidade de tratamento, consumo excessivo ou até mesmo inadequado de produtos químicos, e o colapso do processo biológico.

A Werjen

Nesta etapa de extrema importância para sua estação de tratamento a Werjen pode auxiliar no dimensionamento e escolha do material de construção do reservatório, mas o grande diferencial é nos equipamentos que possuem para a homogeneização do efluente e devem ser instalados na equalização, como por exemplo sistema de difusores, agitadores mecânicos ou submersíveis e a automação com sensores de nível.

Todos os componentes de um tanque de equalização devem ser estudados pois de acordo com a característica de cada efluente a escolha de um sistema de homogeneização incorreto pode iniciar um processo biológico ou ainda gerar odor excessivo.

Objetivos da equalização

O tanque de equalização tem cinco objetivos básicos:
a) Neutralizar despejos ácidos e alcalinos através da mistura destes;
b) Minimizar variações de vazão;
c) Minimizar variações de concentração;
d) Diluir compostos tóxicos;
e) Fornecer alimentação contínua aos processos de tratamento posteriores.

Por que é tão importante ?

A grande alternância de produtos sintetizados ao longo do dia com características químicas bem distintas entre si, ocasionando grandes variações de carga a ser tratada, sobrecarrega o sistema de tratamento, acarretando oscilações na eficiência de tratamento diário.

Homogeneização do meio líquido e minimização de “picos” de vazões existentes no início do Tratamento de efluentes industriais e/ou sanitários e tratamento de água bruta.

O Tanque de Equalização comporta-se como um “pulmão”, onde as vazões internas de líquido variam de acordo com a entrada e tem a função de manter a mesma vazão de saída para garantir o funcionamento adequado do sistema de tratamento. No interior do tanque, o misturador submersível proporciona uma agitação vigorosa, garantindo homogeneidade do efluente.

A equalização consiste em regular a vazão para as unidades subsequentes e homogeneização da carga orgânica do efluente, em virtude de que o mesmo sofra variações das cargas e vazões ao longo da jornada de trabalho industrial.

O tanque de equalização será com níveis variáveis com intuito de regular a vazão de saída constante e homogeneizar o efluente. Tem a finalidade também de proteger os equipamentos posteriores como bombas de recalque, impedindo o seu funcionamento a seco.

O tanque de equalização da ETE da empresa possui volume suficiente para atender às oscilações de vazão e carga geradas, tendo problemas na mistura por não possuir um aerador para equilibrar as concentrações e cargas podendo aumentar o desempenho da ETE.

A etapa de equalização é recorrente no tratamento de efluentes industriais.

O uso do tanque de equalização é fundamental, pois evita o envio de concentrações elevadas de substâncias inibidoras ao processo biológico.

Quer falar com um de nossos especialistas?

Vamos conversar agora.

× Whatsapp