Por que se preocupar com o meio ambiente?

A preservação ambiental é uma decisão inteligente, além de ser um fator decisivo para os negócios!

 

 

Há pouco tempo atrás, falar de meio ambiente era um assunto sem relevância para a maioria das pessoas, praticamente nenhuma empresa realizava ações de gestão ambiental. O tempo passou e a evolução do conhecimento nos mostrou que preservar a natureza é preservar a própria vida humana.

O primeiro entendimento levou à preservação dos animais, prevenindo a extinção de espécies devido às ações agressivas do homem, logo após veio a preocupação com o desmatamento e a preservação de florestas nativas, além do reflorestamento de áreas degradadas. Um debate foi levando a outro e chegamos à poluição atmosférica e poluição dos mares e oceanos. Os sistemas naturais estão todos conectados, inclusive as ações humanas, e por isso o assunto deve ser um entendimento público, realizando a preservação ambiental em todas as escalas, incluindo obrigações a cada ser humano do planeta.

As empresas, pessoas jurídicas, possuem um papel maior, pois são responsáveis pela concentração de grandes índices de CO2 na atmosfera, grandes volumes de efluentes contaminantes despejados nos rios, lagos e mares. A conscientização das empresas é fator determinante para o cuidado do meio ambiente, e consequentemente, pela saúde pública.

O descarte despreocupado de agentes nocivos ao meio ambiente afeta toda a vida do planeta, por outro lado, as ações sustentáveis beneficiam a todos, inclusive as próprias empresas. Conheça alguns benefícios:

1 – Melhora na Imagem corporativa

A melhora da imagem empresarial, e com isso, a valorização da marca, é um ganho automático após a adoção de programas de gestão sustentáveis. Ser uma empresa que cuida do meio ambiente dá a notoriedade de responsabilidade social, seriedade e compromisso com a população. A opinião pública se fortalece ao inserir na essência da empresa a causa ambiental, a imagem de ser uma parceira da sociedade traz ótimos benefícios, diferente de grandes corporações, que em sua maioria visam unicamente o lucro.

2 – Economia

Um argumento muito comum no mundo empresarial é que as ações sustentáveis geram custos elevados. Mas isso não é verdade, podemos afirmar que a sustentabilidade impacta diretamente na redução de custos de produção. Um bom exemplo disso é o tratamento de efluentes. Se por um lado ele ajuda a natureza ao diminuir o despejo de agentes contaminantes nos mananciais, por outro, reduz o consumo de água potável nas empresas e indústrias, já que permite o reúso da água.

Acaba, ao final de tudo isso, que o investimento no tratamento de efluentes se torna um negócio lucrativo para a empresa, no longo prazo.

3 – Sem riscos de multas

É isso mesmo! As empresas possuem deveres, além dos compromissos o meio ambiente e a população, também com a legislação, assim estão sujeitas a multas e penas mais severas. O descarte incorreto de efluentes é novamente um bom exemplo.

Quando uma empresa descarta resíduos de forma irregular na natureza, é questão de tempo até que seja descoberta por um órgão regulamentador, fatalmente será multada e até mesmo impossibilitada de continuar a realizar suas atividades, de forma temporária e até mesmo, permanente.

4 – Satisfação de consumidores e colaboradores

A população já é consciente da necessidade de preservar o planeta, e cada dia que passa, com a chegada de novas gerações, que cresceram inseridas nesse contexto, não sobrará espaço para as empresas que infringem a lei e não realizam ações de preservação do meio ambiente. A imagem das empresas ganha peso no mercado, como dito anteriormente, valorizando seus ativos.

Os consumidores estão cada vez mais exigentes e atentos ao tipo de produção e impacto que cada empresa causa ao planeta, cresce assim, o número de consumidores que escolhem marcas preocupadas ambientalmente.

Os colaboradores, por sua vez, também são impactados, já que a satisfação de saber que estão atuando e colaborando para o benefício da sociedade e do meio ambiente traz uma alegria interna, traduzida em admiração pela empresa e um ambiente social melhor, mais saúde física e mental para todos.

O que a empresa pode fazer para ajudar o meio ambiente?

São muitas as opções que podem ser escolhidas e realizadas pelas empresas. Cada setor possui suas particularidades que impactam diretamente na escolha destas ações, por exemplo, setores que atuam com uma produção em larga escala de lixo, talvez a reciclagem seja o principal programa a ser desenvolvido, se a questão for o consumo elevado de água potável, o tratamento de efluentes, é sem dúvida, uma das principais soluções.

Podemos dizer que as principais ações sustentáveis são:

  • A utilização do tratamento de efluentes e reutilização da água;
  • A reciclagem do lixo;
  • A reutilização de matérias-primas;
  • A utilização de filtros de extração de gases poluentes emitidos durante a produção;
  • O uso de sistemas naturais de adubo no solo, bem como no controle de pragas;
  • O emprego de novas tecnologias, diminuindo o uso de papel; entre outras.

Cada empresa pode realizar uma ou mais ações sustentáveis, assim como pode inseri-las de forma parcial, o mais importante é começar de algum ponto e ser um exemplo para o seu segmento e para toda a população.

Resumidamente, podemos afirmar que os benefícios da gestão sustentável empresarial para o planeta e a qualidade de vida das pessoas são imensuráveis, além dos benefícios próprios, como a economia, elevação das vendas e valor de marca.

Não se trata apenas de ações ambientais, trata-se de estratégias de inteligência que beneficiam ambos os lados da cadeia produtiva.

 Torne sua empresa mais consciente com a Werjen Evolução!

Categorias

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on twitter

Veja também!

Meio ambiente

Marketing Verde

Provavelmente você já deve ter percebido que muitas empresas fazem questão de deixar bem claro

Leia Mais >