A Solução para Multinacional Alimentícia

O que acontece quando o mesmo DNA é compartilhado por duas grandes empresas?

Foi-se o tempo em que ter um bonito texto sobre a missão, visão e valores da empresa significavam uma boa gestão administrativa.

Hoje em dia, se você não pratica no dia a dia aquilo que promete, não deve ser considerada uma empresa séria.

Quando falamos em DNA, falamos que o propósito de existir da empresa é a sua própria essência, e o que acontece quando duas grandes empresas compartilham desse mesmo DNA?

A Werjen aposta profundamente na gestão sustentável e pratica isso no seu dia a dia, entregando produtos com soluções ambientalmente corretas. É o caso de outra grande empresa, multinacional, no setor alimentício, produtora de excelentes molhos, como ketchup e maionese. O resultado disso são produtos finais, que chegam à mesa de pessoas do mundo inteiro, produzidos com responsabilidade e todos os cuidados em todos os processos.

Vamos falar agora do equipamento que permite essa gestão sustentável, a peneira rotativa de fluxo interno.

O primeiro passo do processo é o desenvolvimento de um projeto específico para cada solução. Quando estamos falando de tratamento de efluentes, não existem soluções pré-fabricadas, simplesmente porque não existem dois efluentes com as mesmas características, é até demais pensar que um mesmo efluente seja igual todos os dias, porque os processos das empresas sofrem variações.

Com o projeto desenvolvido, o passo seguinte é a produção.

A peneira rotativa de fluxo interno funciona removendo todos os sólidos do efluente durante o processo de pré-tratamento. Em outras palavras, a peneira tem a função de remover todos os pedaços de sólidos para que somente o líquido possa passar para a próxima etapa do tratamento. Quando o efluente entra na peneira, ele transborda para o tambor, que está em movimento circular, assim o líquido é filtrado por meio de uma tela e os sólidos são transportados para fora, por um helicoide. Bicos injetores de água em alta pressão fazem a limpeza da tela, tudo de maneira automática.

São passos simples, mas necessitam alta tecnologia e estudo, permitindo que o processo de produção de ketchup, neste caso, seja tão perfeito quanto a sua exigência com o sabor que vai até a sua mesa.

Economizar recursos com produtos que prometem atender quaisquer variáveis significa que não estamos compartilhando no mesmo DNA, pois aí já está evidente que o objetivo não é atender as normas ambientais e preservar a natureza, mas somente mascarar essa intenção.

Assista nosso vídeo e conheça mais detalhes desse projeto que solucionou a demanda de uma grande multinacional de alimentos! 

Categorias

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on twitter

Veja também!